Acho que vi por aqui!

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Desenvolvimento do bebê de 3 meses e da mamãe

Oie! Essa semana foi um pouco corrida... Mas estamos aqui outra vez!
E você, como está? Espero que esteja super bem!!!
Hoje vou falar um pouquinho sobre o desenvolvimento do bebê e da mamãe aos 3 meses.
Então, vamos lá:

Coisas de mãe de primeira viagem: Mês 3 😄

Passados os 3 meses na convivência com o bebê, as coisas realmente começam a entrar no eixo; a gente aprende a entrar em sintonia com o bebê, essa sintonia não é aquela que costumam dizer que "A MÃE SEMPRE SABE", mas a sintonia de quem aprendeu no dia-a-dia, ouvindo o chorinho de troca de fralda, de hora de mamá, hora do denguinho pra tirar o cochilinho; algumas mães se acostumam facilmente à rotina com o bebê, outras não, e isso é completamente normal, afinal, são seres diferentes (mãe, pai e filho) cada um com sua individualidade, humor, sensibilidade, e vontades próprias. Mas com 3 meses já podemos identificar um chorinho que é diferente do outro; qual o melhor horário para o banho, melhor posição pra colocar pra arrotar, quando colocar pra dormir; e assim se vai encaixando a rotina do bebê com a rotina que já existia na casa. 

As sensações e sentimentos da mãe também estão entrando no eixo; não só por questões hormonais, mas também pelo fato de poder enxergar que as coisas estão dando certo, e mamãe e bebê estão se "entendendo".


Desenvolvimento do bebê: Mês 3 😍

Aos 3 meses o bebê já consegue direcionar a cabeça com mais precisão; seu pescoço está cada vez mais fortalecido; tanto sentado quanto de bruços ele vai erguer o pescoço, virar para os lados e sustentar a cabeça por mais tempo, e você pode usar disso para estimular o desenvolvimento da musculatura do pescoço fazendo brincadeiras movimentando brinquedo a sua frente, para os lados, para cima e para baixo; e também pode fazer dancinhas animadas para chamar a atenção do pequeno que vai adorar a festa!

Os bracinho e pernas ganham mais força a cada dia que passa (você entrará num nível hard nas trocas de fraldas; afinal as perninhas não vão colaborar ficando quietinhas); porém, as mãozinhas podem ainda não conseguir pegar as coisas com precisão, e é normal que o bebê tente bater nos brinquedos ao invés de segurá-los usando os dedinhos.

Mais ou menos nessa fase o bebê começa demonstrar interesse em se virar quando deitado de barriga para cima, como se tentasse rolar para os lados - os sustos na mamãe, papai e/ou cuidadores começam a se tornar frequentes, e todo cuidado é pouco. Quando de bruços, o bebê também pode nessa fase começar se virar para posição de barriga para cima, que para eles ainda é estranho e até cansativo; mas essa posição de barriga para baixo é muito importante para exercitar a musculatura do bebê.

O elo entre bebê mamãe e papai está cada vez mais forte, esse elo já existia antes, mas agora ele já reconhece e está familiarizado com o rosto de quem participa da rotina diária, e quando é chamado por alguém desse círculo ele até pode procurar e se animar agitando braços e pernas em forma de alegria; o contrário acontece com pessoas que não são tão "íntimas" nesse convívio com o bebê, ele pode se assustar, estranhar e até chorar se o pegarem no colo, ou simplesmente tentarem alguma brincadeirinha que ele não esteja acostumado.

Aproveite essa fase para dar início a leitura, crie uma rotina para ler para seu bebê, por volta dos 3 meses, o bebê inicia também o desenvolvimento da linguagem, e você pode estimular esse desenvolvimento de diversas formas, por onde passar com seu bebê, apresente os objetos da casa (ex: olha a janela! ou, ao passar por um cômodo da da casa, diga vamos pra cozinha, sala, quarto...), segundo pesquisas quanto mais palavras forem apresentadas ao bebê no primeiro ano de vida, mais inteligente ele será, então, bóra ler e conversar muuuito com seu futuro tagarela!!!

E não se esqueça, seu bebê não tem que seguir as regras de desenvolvimento só porque o bebê da vizinha, prima, tia, ou amiga bateu certinho com o que aparece na internet; o que escrevi e o que escrevem, são apenas alguns marcos que podem ou não ser notados em seu bebê. Caso você esteja preocupado ou note algo em seu bebê que acredita ser diferentemente preocupante, não exite em procurar auxilio médico, pode não ser nada, mas também pode ser algo importante.

Aqui em casa meu bebê era meio preguicinha nos exercícios para fortalecer a musculatura, quando era colocado de bruços ele reclamava e acabava virando de barriga para cima em pouco tempo, mas com 3 meses ele começou a rolar para os lados, e vou te contar, foram muitos sustos com esses rolamentos, colocava pra dormir numa posição, e quando ía verificar ele estava atravessado no berço...

Por hoje vou ficando aqui, não deixe de seguir o nosso blog e aproveite para contar suas experiências pra gente!!!

Beijos e até o próximo post!



sábado, 4 de fevereiro de 2017

Rapidinha: Leite de mãe de menino é diferente de leite de mãe de menina

Oie! A "rapidinha" de hoje tem uma super curiosidade, descobri lendo um artigo e achei super legal!

Talvez você já tenha ouvido falar, mas aí vai:

Leite produzido por mãe de menino é diferente do leite produzido por mãe de menina!!! 

Na Universidade de Harvard nos Estados Unidos, em uma pesquisa, chegou-se a dados de que a mãe de meninos produz leite com composição diferente ao leite produzido pela mãe de menina.

Inicialmente a pesquisa foi realizada em animais mamíferos, tendo em mão a "descoberta", algum tempo depois a bióloga Katie Hinde estendeu sua pesquisa a humanos, onde chegou a conclusão de que o leite de mãe de meninos é mais rico em proteínas e gordura do que o leite da mãe de meninas; isso porque os meninos precisam de mais energia para se desenvolver. 

Embora exista inúmeros estudos relacionados à amamentação, há também inúmeros fatores relacionados ao impactos que a amamentação exerce sobre o desenvolvimento infantil que ainda não foram totalmente decifrados e estudados...

Que coisa não! Conhece alguma curiosidade relacionada a amamentação? Conta pra gente!!!


Resultado de imagem para amamentação desenho

Beijos e até o próximo post!
Deixe um oi nos comentários e não deixe de seguir o blog!!!